BeReal, app mais baixado nos últimos 30 dias nos EUA, vira moda no Brasil

O aplicativo BeReal se tornou o mais baixado nos Estados Unidos no último mês e tem ganhado cada vez mais adeptos brasileiros. Por aqui o número de downloads saltou, e as buscas pela rede social no Google cresceram mais de 100 vezes na última semana, de acordo com a empresa de otimização de busca Conversion.

Nos últimos 28 dias, considerando apenas os usuários do sistema Android, foram feitos aproximadamente 413,1 mil downloads do BeReal na Play Store no Brasil. No segundo trimestre deste ano, o país já havia se tornado o terceiro com maior crescimento no número de downloads, com aumento de 2.803,3% frente ao trimestre anterior.

Segundo a Statista, empresa alemã especializada em dados de mercado e consumidores, o Brasil ficou atrás apenas da Turquia e do Japão – que ganhou o topo do pódio com impressionantes 253.760% de aumento na procura.

— O aumento expressivo das buscas pelo BeReal pode ser apenas uma modinha passageira. Ou pode mostrar uma tendência de comportamento por parte dos usuários em consumir conteúdos gerados por pessoas reais, sem a artificialidade de filtros, uma mudança até cultural que vale a pena ser observada — diz Diego Ivo, CEO da Conversion.

O BeReal surgiu na França em 2020, com a promessa de mostrar um lado mais “honesto” e real dos usuários, sem filtros ou correções.

Outra característica é o número de postagens limitado. Os usuários são convocados a publicarem o que está acontecendo durante uma janela de dois minutos todos os dias, fotografando o momento com ambas as câmeras frontal e traseira do celular.

Menos tempo no celular

O fato de publicar apenas uma vez ao dia faz com que o internauta perca menos tempo rolando o feed de imagens. O estudante Pedro Cardoni, de 24 anos, se diverte com as fotos espontâneas dos amigos. O que ele mais gosta no BeReal é que não se sente obrigado a passar muito tempo administrando mais uma rede social:

— Percebi que gasto entre duas e três horas por dia no TikTok e no Instagram, além de quase seis horas no Twitter. No BeReal eu gasto no máximo uma hora.

O jovem conta que as fotos dos amigos são de momentos mais comuns em comparação às publicações feitas no Instagram, onde, segundo ele, só se veem os melhores momentos. No BeReal, as pessoas estão vendo um filme, trabalhando, assistindo às aulas da faculdade ou deitadas em casa, curtindo um momento de ócio.

Outro diferencial da rede são as reações de outros usuários às postagens, que podem ser feitas com o recurso “RealEmoji”, em que a pessoa tira uma foto emulando as carinhas divertidas dos emojis tradicionais.

Apesar do avanço do BeReal no Brasil, a plataforma ainda tem uma longa caminhada para superar outras redes sociais. Enquanto registrou 413.142 mil downloads entre usuários de Android nos últimos 28 dias, no mesmo período, o chinês Kwai teve 12,3 milhões de instalações; o TikTok obeteve 14,39 milhões e o Instagram, o mais antigo dos quatro, foi baixado 22,25 milhões de vezes, segundo levantamento da Conversion.

Veja mais